Condenados, padres alagoanos são excomungados pelo Vaticano

Share & Comment
Os três padres alagoanos Luiz Marques Barbosa, Raimundo Gomes e Edilson Duarte, condenados por pedofilia, foram expulsos da igreja católica, na noite de ontem (3), pelo Vaticano. Eles ainda podem recorrer da decisão em primeira instância da Justiça alagoana, mas a Santa Sé decidiu antecipar e excluir os religiosos de seus quadros de sacerdotes. Segundo o padre Daniel Nascimento, pároco da Igreja Santa Luzia, na cidade de Penedo, que foi licenciado pelo Vaticano para acompanhar o processo de pedofilia em Alagoas, a Santa Sé aguardava apenas a decisão da Justiça pra expulsar os padres da instituição. Com a decisão do Vaticano, a Arquidiocese de Alagoas já está providenciando os substitutos dos padres expulsos.

No dia 19 de dezembro, a Justiça alagoana condenou os padres Luiz Marques Barbosa, Raimundo Gomes e Edílson Duarte pelo crime de pedofilia, praticado contra três coroinhas. O monsenhor Luiz Marques foi condenado a 21 anos de prisão e os párocos Raimundo e Edílson cumprirão pena de 16 anos e 4 meses.
Como os três já respondiam ao processo em liberdade, eles ainda não foram presos. A sentença foi proferida pelo juiz da Vara da Infância e da Juventude de Arapiraca, João Luiz de Azevedo Lessa. Além da pena de prisão, o monsenhor Luiz Marques, de 83 anos, terá que pagar uma multa de 30 vezes um salário mínimo.

Fonte:Noticías Cristã// Notícias DT
Tags:

1 comentários:

  1. Sem comentários. Não consigo imaginar tamanha crueldade com uma criança. Que mundo horrível! Volta logo meu Jesus...

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: As informações que são publicadas neste site não direcionadas somente para o Ministério Diante do Trono ou a líder Ana Paula Valadão, entretanto, este é um site independente dos mesmos.

 

Arquivos

TRANSLATE

SIGA POR E-MAIL

ASSISTA ONLINE

Copyright © NotíciasDT&MC | Designed by